Sou como a Noite e como o Dia :') *

04:46 Pedro Miguel SIlva Macedo. 1 Comments


Sou como a noite posso te surpreender quando menos esperares. Posso ler o teu silêncio, deixar-te sem reacção e sem palavras, posso proteger-te e amar-te, a meio da noite sem aviso prévio posso ser dramático e numa tarde ou manhã de chuva posso complicar-te a cabeça por ser um quebra cabeças.
Ás vezes no correr do dia posso ser um cabrão quando expludo de raiva e magoar-te com palavras ácidas.
Posso ainda durante o dia ser suave como uma melodia que fica no teu ouvido, posso dar-te carinho e atenção como nunca tiveste e estender-te a mão como mereces.
Posso importar-me como nunca se importaram e mas se te afastares não esperes nada de mim.
Posso parecer estranho e dramático mas não te iludas pelas aparências sou vinte vezes mais dramático do que ponderas que possa ser, reparo em todas as particularidades, na forma como te colocas e expressas, na maneira hábil como pronuncias as palavras, em como me deixas desinibido quando a tristeza me invade e te apercebes com tamanha facilidade como a tua companhia nesse preciso instante é crucial.

Não te esqueças, sou vinte vezes pior do que aparento ser.



1 comentário: