"Cansado."



Estou tão cansado de confiar. Cansado de presenciar tanta vaidade. Cansado de extravasar, de falar sobre o que sinto.
Cansado de segurar o mundo dos outros. Cansado de dar o peito há bala para nunca me distanciar daquilo que acho justo. Cansado de ser sincero e receber em troca doses de hipocrisia e desculpas esfarrapadas. Cansado de amenizar a dor dos outros. Cansado de pessoas que sempre querem se ilibar das suas responsabilidades. Cansado de pessoas inconscientes. Cansado da covardia e da mediocridade. Farto de gente que usa, deturpa e manipula. Farto de alguns dos artifícios que alguns usam para terem "atenção" desejada. Cansado de me entregar e só lidar com o que é raso. Exausto de me esforçar para não cansar de ser uma pessoa boa. Cansado da pequenez,  cansado de esperar. Cansado de tentar, cansado de sonhar tanto. Cansado de enfrentar as coisas ao invés de colocar para trás das costas. Cansado de determinados fardos e de ouvir tanta podridão. Mas SEMPRE determinado a continuar a sonhar, a ser sincero e assumir o que faço mesmo que isso me traga mais perdas que ganhos. Menos crente, mais centrado em mim e mais selectivo- mas sem nunca perder a fé que ainda há quem valha a pena. Mais adepto do silencio em muitas circunstancias e mais adepto de virar a mesa noutras. Mas boa pessoa com poucos.
Não abdico mais de mim por ninguém!

Escrito dia 1 de Fevereiro.